Necessito amar


Nada no mundo é maior do que a necessidade que temos de receber amor, basta refletirmos por alguns instantes sobre toda a base de nossos costumes, ao fazer aniversário uma onda de contentamento nos invade quando somos lembrados, comemoramos o natal para celebrar o amor, o dia das mães...dos pais...das crianças, para nada mais serve, senão para darmos amor.
Possuímos a necessidade constante de sermos amados, o que justifica a maior porcentagem de nossas frustrações, nada nunca conseguirá suprir por completo a vontade esmagadora que temos de ser importantes pra alguém.

E em uma luta constante e paralela, possuímos dentro de nós um enorme amor pra dar, posso arriscar dizer que nascemos pra amar, emana de nós uma vontade tão grande de darmos amor, que somos capazes de amar absolutamente qualquer coisa, amamos nossos bichinhos, nosso filme preferido, nossa coberta de criança que usamos em dia de inverno, um suéter velho e rasgado que temos há anos, uma esquina que por algum motivo nos traz boas lembranças, e como uma piada desagradável da vida, ainda mais difícil do que ser amado é demonstrar a grandeza do amor que sentimos.

Por isso, ame...grite...sorria freneticamente, supere o nó na garganta e diga eu te amo para alguém, reflita que estamos ficando velhos a cada dia, que a vida não é eterna e que o único momento que se prolonga é o agora. Somos feitos de amor, e acima de tudo...feitos para amar.


0 comentários:

Postar um comentário

 

Pesquisar

Receba as novidades por e-mail